AFUN - Apostas de futebol online

Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Jovem Candango abre as portas do mercado para quase 2 mil adolescentes

Os jovens participantes receberão formação técnico-profissional e também um auxílio para atuar nos órgãos do GDF

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

O programa Jovem Candango promove a formação técnico-profissional de aprendizes por meio de atividades práticas e teóricas durante a atuação em órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF). Só no ano passado, a iniciativa recebeu mais de 8 mil inscrições de meninos e meninas de 14 a 18 anos para ocupar 1,8 mil vagas oferecidas. O investimento é de R$ 57 milhões para a contratação de jovens por 24 meses.

Com apenas 17 anos e estudante do último ano do ensino médio, o jovem Victor Hugo Cirilo Araújo vive a primeira oportunidade no mercado de trabalho. Ele é um dos selecionados do programa Jovem Candango.

“Conheci o programa por meio de amigos que já participaram. Quando abriram as vagas, fiz o cadastro e um mês depois fui chamado”, lembra. Victor Hugo foi lotado na Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), onde atua na área administrativa. “Mexo no SEI [Sistema Eletrônico de Informações], faço checklist de processos, atendo ligações, recebo os atletas que pedem informações. Ajudo no que for necessário.”

Para ele, a experiência tem sido de muito aprendizado. “Tem sido muito bom, tanto aqui quanto no curso, porque aprendemos coisas novas”, afirma o jovem, que mora em Sobradinho. Ele também destaca a parte financeira. Todos os jovens participantes recebem uma bolsa no valor de R$ 733, mais os benefícios (vale-alimentação, vale-transporte, seguro de vida e 13º salário). “Também tem a parte do dinheiro, que acaba sendo para comprar alguma coisa para mim e para ajudar a minha família”.

Funcionamento

A criação do programa se deu pela Lei Distrital nº 5.216/2013 e, em junho de 2020, de acordo com o Decreto nº 40.892/2020, a gestão e a execução do programa Jovem Candango foram transferidas da Secretaria de Juventude para a SEL.

O programa é voltado para estudantes 14 a 18 anos do ensino fundamental ou médio da rede pública ou que sejam bolsistas em instituições privadas, com renda familiar de até três salários mínimos, e que estejam inscritos no Cadastro Único dos Programas Sociais (CADúnico).

O projeto conta ainda com percentual de vagas específicos para quem esteve ou se encontra em cumprimento de medida socioeducativa (20%), em situação de acolhimento institucional (10%), com deficiência (5%), atendidos pelo Programa Bombeiro Mirim (5%) e residentes há cinco anos em área rural (5%).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As aulas e a distribuição dos candidatos é feita por duas empresas que têm contrato com o governo por meio de licitação, Renapsi e Gerônimo Candinho. Os inscritos podem atuar em três cargos: administrativo, office boy e arquivista.

“Durante quatro dias da semana eles trabalham nos órgãos e, uma vez por semana, fazem o curso em uma das duas empresas que ganharam a licitação. Elas são responsáveis pelo recrutamento e seleção dos jovens”, explica a diretora de Programas e Projetos da SEL, Tatiane Gizella da Silva. “É um programa de extrema importância, porque os jovens aprendem e passam a ter outra visão de mundo. Tiro pelos nossos jovens; temos 53 aqui [na SEL]. Eles são maravilhosos. Atendem o público com muito respeito e educação. Fico bastante orgulhosa.”

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Vagas e ampliação

Devido à alta procura nas inscrições de julho e agosto de 2021, por enquanto, o programa ainda não tem previsão de um novo edital, porque utiliza as vagas remanescentes quando necessário. “Sabemos que a demanda é muito grande, então nosso planejamento é ampliar. Temos tido um retorno muito positivo e suprindo as demandas de várias secretarias. O nosso governo trabalha assim, unido”, diz a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira.

Na última semana, 156 jovens do programa foram alocados em unidades do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). “Vejo que os órgãos públicos recebem de braços abertos essa juventude que leva energia e alegria. Está sendo um programa de grande sucesso, que traz renda, formação e capacitação para esses jovens aprendizes”, conclui a gestora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com informações da Agência Brasília








Você pode gostar



JBr SHOPPING

BSB Memo

Use o código "JBR" e ganhe 10% de desconto

〖Recomendação de apostas de futebol 〗〖Jogo do palmeiras 〗〖Jogo de roleta 〗〖Cassino Online 〗〖Bundesliga 〗〖AFUN | Cassino Online〗〖Jogo do bahia 〗〖Ganhar dinheiro com moedas criptográficas 〗〖Apostas na Copa do Mundo 〗〖Poker online 〗〖Apostas Esportivas Online〗〖Jogos De Caça-níquel 〗〖Jogue roleta online 〗〖Live Casino 〗〖Jogos De Caça-níquel 〗〖Roleta 〗〖Apostas na Liga de Futebol 〗〖Roleta brasileira 〗〖Jogo do palmeiras 〗〖google ganhos online 〗〖Jogos de azar online 〗〖como ganhar dinheiro em casa 〗〖Jogos de azar online 〗〖Jogo de roleta 〗〖Bacará 〗〖Jogos poki online 〗〖Dinheiro de Poker Online Grátis 〗〖como ganhar dinheiro em casa 〗〖Recomendação de apostas de futebol 〗〖Plataforma de renda online 〗